Minha Casa Minha Vida entrega 2,7 mil unidades habitacionais nesta sexta-feira

 

Mais de 10 mil pessoas serão beneficiadas, nesta sexta-feira (28), pelo Programa Minha Casa Minha Vida, com a entrega de 2.701 moradias nos municípios de Caucaia (CE), Fortaleza (CE), Maracanaú (CE), Castanhal (PA), Bom Conselho (PE) e Colinas do Tocantins (TO). A presidenta da República, Dilma Rousseff, participa em Caucaia do evento de entrega simultânea nas cidades beneficiadas.
Em todo o país o Minha Casa Minha Vida já beneficiou mais de 9,4 milhões de pessoas, com a entrega de 2,3 milhões de moradias. Para o Superintendente Nacional da região Nordeste da Caixa, Luiz Antônio de Souza, o MCMV faz com que os empreendimentos se tornem um grande vetor de crescimento das regiões beneficiadas. “O volume de recursos investidos nos residenciais gera, dentro da comunidade, emprego, renda, dignidade e melhorias constantes”, destacou.
No evento desta sexta-feira (28) serão entregues 480 unidades do Residencial José Lino da Silveira na cidade de Caucaia (CE). Ainda no estado do Ceará, outras 368 unidades do Residencial Cidade Jardim 2 serão entregues em Fortaleza, e 312 unidades, em Maracanaú, do Residencial Demócrito Dummar 1. Em Castanhal (PA), 1.000 famílias serão contempladas com casas dos Residenciais Japiim I e II. Já no estado do Tocantins, 400 moradias serão concedidas aos beneficiários dos Conjuntos Estrela do Norte 1 e 2.
Todas as unidades são divididas em 2 quartos, sala, banheiro, cozinha e área de serviço, com piso cerâmico em todos os ambientes. Além disso, atendendo às exigências de qualidade do PMCMV, os empreendimentos são equipados com infraestrutura completa, pavimentação, redes de água, esgotamento sanitário, drenagem e energia elétrica. Os empreendimentos são destinados a famílias com renda de até R$ 1,6 mil, que compõe a Faixa 1 do programa.
O município de Caucaia, no Ceará possui 350 mil habitantes e segundo o vice-prefeito, Paulo de Tarso, já conta com aproximadamente 6 mil contratos no MCMV. “Não teríamos nenhuma outra oportunidade de se atingir, em tão curto tempo, o número de pessoas beneficiadas como estamos vendo com o programa Minha Casa Minha Vida”, disse.
Números:
No estado do Ceará, foram entregues mais de 55,7 mil unidades, beneficiando mais de 222,9 mil pessoas. No Pará, o PMCMV beneficiou mais de 208,9 mil pessoas com a entrega de 52,2 mil unidades habitacionais. Em Pernambuco, já foram beneficiadas mais de 283,7 mil pessoas com a entrega de mais de 70,9 mil unidades. Já no Tocantins, foram beneficiadas mais de 52,5 mil pessoas com a entrega de 13,1 mil moradias.​
Share Button

Minha Casa Minha Vida facilita o dia a dia de mães em Catanduva (SP)

 

O Residencial Nova Catanduva, entregue pela presidenta Dilma Rousseff em Catanduva (SP), nesta terça-feira (25), vai realizar dois sonhos de 1.237 famílias. O primeiro e mais desejado é o da casa própria. O segundo é o de ter escola, creche, centro de saúde, posto policial e área de lazer dentro no conjunto, pertinho de casa.

“É muito bom porque a gente não precisa sair do bairro para levar as crianças à escola. É mais seguro”, comemorou a faxineira Ana Paula Morais, 28 anos, mãe de Marcos Vinícius e Pérola, de 11 e 9 anos, já imaginando quanto vai ganhar de tempo e dinheiro por puder resolver tudo perto de casa.

No Residencial Nova Catanduva, começaram a funcionar, nesta quarta-feira, uma escola de educação infantil com 115 vagas, uma creche para 151 crianças, uma unidade básica de saúde com equipe formada por médico, enfermeiro, auxiliares de enfermagem, dentista, farmacêutico, nutricionista, psicólogo e fisioterapeuta e um posto policial.  ​

​De mudança marcada para os próximos dias, Ana Paula irá deixar o imóvel nos fundos da casa da sogra, onde vive há 14 anos. ”As crianças terão o seu quarto. Será tudo separadinho. É uma realização”, conta ela, que pagará prestação de R$ 69 mensais – n​a faixa 1 do Minha Casa Minha Vida, esse valor varia de R$ 25 a R$ 80.

A prestação suave foi motivo de muita comemoração para Sonia Fernandes, 32 anos, que recebeu a chave do novo lar das mãos do governador Geraldo Alckmin e posou para fotos ao lado dele e da presidenta Dilma. Mãe de quatro filhos, ela irá pagar somente R$ 32, quase 12 vezes menos do que os R$ 373 que desembolsava pelo aluguel na periferia de Catanduva.

“Estou muito feliz. Vai mudar tudo em minha vida. São muitos sonhos realizados. Além da casa, as crianças adoraram o parquinho e vão estudar no conjunto”, afirmou Sonia Fernandes, acompanhada dos filhos Carlos Eduardo, Ana Beatriz, Júlia e Giovana Moura.

Recomeçar a vida

Desempregada, Angélica Regina Lopes, 23 anos, disse que vai usar a infraestrutura do residencial já no primeiro dia na casa nova. “Vou colocar o meu filho na creche e sair para procurar serviço”, contou. Quando voltar ao mercado de trabalho, ela também ficará tranquila. Contará com escola, creche, e posto de saúde perto de casa para manter em dia o calendário de vacinas do garoto.

Com endereço garantido na Rua das Laranjas do Residencial Nova Catanduva, a empregada doméstica Elisângela Dias da Silva, 41 anos, ficou surpresa com o valor da prestação: R$ 40,50. “É baratíssimo”, avaliou.

Divorciada, Elisângela deixará de morar de favor na casa de parentes para ocupar uma residência com dois quartos, sala, banheiro e área de serviço. ”Estou muito feliz porque não teria como fazer uma casa como esta”, disse ela, que já faz planos para o futuro. “Gosto de participar. Vou brincar muito com meus filhos aqui”, diz, apontando para o parquinho do Residencial Nova Catanduva.​

Share Button

Minha Casa Minha Vida beneficia 10 mil pessoas de uma só vez em SP

2015-08-25_mcmv-sao-paulo-interna-01

De Catanduva, a presidenta Dilma Rousseff comandou a entrega simultânea de 2,5 mil moradias do Minha Casa Minha Vida a famílias de baixa renda em quatro cidades do interior paulista nesta terça-feira (25). De uma só vez, 10 mil pessoas realizaram o sonho da casa própria.

Dilma entregou as chaves de 1.237 moradias do Residencial Nova Catanduva, um projeto que mais lembra um novo bairro planejado na cidade de 118 mil habitantes. Erguido no prazo recorde​ de 14 meses, o conjunto é um dos primeiros do Minha Casa Minha Vida que incluiu a construção de equipamentos comunitários com recursos do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR) – eles responderam por R$ 4,4 milhões dos R$ 108,6 milhões investidos.

O Residencial Nova Catanduva será atendido, a partir desta quarta-feira, por uma escola de educação infantil com 115 vagas, uma creche para 151 crianças, uma unidade básica de saúde com equipe formada por médico, enfermeiro, auxiliares de enfermagem, dentista, farmacêutico, nutricionista, psicólogo e fisioterapeuta e um posto policial.

“Amanhã (quarta), as crianças vão poder entrar na sala de aula. Estamos colocando na creche o que há de melhor para receber as crianças”, afirmou a presidenta Dilma Rousseff, durante a cerimônia, realizada também em Mauá, Araras e Araraquara.

Superação das dificuldades

Sobre o ajuste da economia brasileira, a presidenta Dilma ressaltou que outros países, como a China, atravessam dificuldades atualmente.”Vamos superar esse momento. Todos nós sabemos que temos capacidade de superar desafios e construir caminhos”, afirmou. ”Quanto mais rápido fizermos isso, mais rápido superaremos as nossas dificuldades. Temos de enfrentar os problemas de frente e jamais aceitar que se torça para o pior, porque quando acontece o pior, quem paga é a população.”

A presidenta destacou ainda o alcance social do programa, que envolve as três esferas de governo .”O Governo Federal entra, em média, com R$ 55 mil por moradia, o Governo Estadual com R$ 15 mil e a prefeitura garante esgoto e água tratada”.

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, por sua vez, lembrou que cada unidade do Minha Casa Minha Vida gera 1,1 posto de trabalho. “Só nestas obras entregues hoje foram quase 3 mil empregos gerados”, observou.

Impacto positivo nas cidades

2015-08-25_mcmv-sao-paulo-interna-02

A presidenta da Caixa Econômica Federal, Miriam Belchior, entregou 116 unidades em Mauá a famílias que trocaram Cerqueira Leite, uma área de risco, por um conjunto com infraestrutura completa. Além de elogiar o residencial Mauá 1, com unidades avaliadas em R$ 92 mil – R$ 16 mil vindos do governo estadual –, ela ressaltou o impacto positivo provocado pelo MInha Casa Minha Vida nas cidades.

“[Antes do programa], não havia parceria dos governos federal e estadual para melhorar a vida de quem mora na cidade. Com os presidentes Lula e Dilma, o governo mudou esta visão”, disse Miriam Belchior. Ela lembrou ainda que o programa já beneficiou 9,2 milhões de brasileiros, “o equivalente a seis Mauás”, que estão vivendo o sonho da casa própria.

Araraquara e Araras

Em Araras, 448 casas foram entregues pelo  ministro das Cidades, Gilberto Kassab. “Falo em nome de todas as famílias beneficiadas, porque realizamos o nosso sonho e não teremos mais ninguém batendo em nossas portas pedindo para desocupar o imóvel”, afirmou Marina de Jesus Gomes Torres, mãe de quatro filhos, que recebeu as chaves de um imóvel.

Já em Araraquara, 754 famílias receberam imóveis no Parque Residencial Valle Verde. Em seu discurso, o prefeito Marcelo Barbieri deu uma dimensão da importância local do programa. ”Aqui não existem favela graças ao Minha Casa Minha Vida”, afirmou ele.​​​

2015-08-25_mcmv-empreendimentos-interna

Share Button
Bug da paginação